Condutor absolvido porque auto não dizia se conduzia um carro, uma bicicleta ou um trator

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Condutor absolvido porque auto não dizia se conduzia um carro, uma bicicleta ou um trator

Mensagem por Croco em Qua 15 Jun 2016, 16:50

Condutor absolvido porque auto não dizia se conduzia um carro, uma bicicleta ou um trator
Sociedade
15.06.2016 às 13h07
J. foi encontrado no meio de uma estrada nacional, dentro de uma viatura, qual Bela Adormecida. O juiz do tribunal de 1ª instância salvou-o por uma mera formalidade. Mas afinal, é ou não relevante saber que veículo conduzia quando está em causa um crime de condução em estado de embriaguez?
Sílvia Caneco
Jornalista
Passava pouco da meia-noite de um dia de maio de 2015 quando J. foi encontrado adormecido numa estrada nacional em Mêda, dentro de um veículo, parado no meio da via, com os máximos ligados. Quando percebeu que tinha sido surpreendido por uma patrulha da GNR arrancou com a viatura. Só quando os militares chamaram pelo seu nome – já era conhecido de um deles -, decidiu parar. O teste do balão viria a explicar o seu estado adormecido: tinha uma taxa de 1,50 g de álcool por litro de sangue. J., que já tinha no cadastro uma condenação por um crime de desobediência, foi direitinho para tribunal responder por mais um crime: condução de veículo em estado de embriaguez.

Perante o juiz, J. contou que tinha a 4ª classe, era agricultor de profissão, e por conta própria, trabalhava à jeira, não mais de 35 euros por dia, mais uns extras da venda de vinho e azeite, mas mesmo assim, com a mulher doméstica, e a mensalidade de 200 euros para uma carrinha que comprara, tinha de sobreviver com a ajuda da mãe.

O juiz daquele tribunal de 1ª instância não se deixou comover com os seus argumentos. J. acabou absolvido, mas por uma razão mais insólita. O juiz concentrou-se na forma como havia sido redigido um dos autos de notícia. E concluiu que a expressão “veículo de matrícula xx xx JT” era “insuficiente” para perceber de que veículo se tratava. “Tratar-se-á de uma bicicleta? De um automóvel? De um trator? No universo de veículos sujeitos a matrícula, cabem vários tipos de ‘veículos’, passe a redundância.” Ainda para mais, acrescentou o magistrado, não se sabia se o veículo era “com ou sem motor”, o que se tratava de “uma insuficiência fáctica insuprível, no modesto entender do tribunal”. O juiz decidiu então de forma bizarra: como não era possível saber que espécie de veículo J. conduzia, ou se era com ou sem motor, teria de ser absolvido.

O procurador do Ministério Público não se conformou com o veredito e recorreu para o Tribunal da Relação de Coimbra. Os juízes desembargadores concluíram que os veículos a motor e seus reboques só podem circular com matrícula e que se J. tinha sido apanhado a conduzir um veículo de determinada matrícula é porque evidentemente conduzia um veículo com motor. Frisaram ainda que embora a acusação não indicasse outras características da viatura, o juiz não estava impedido de ir consultar outros autos que eram explícitos e que constavam do processo: J. conduzia um veículo ligeiro, de mercadorias, de marca Mitsubishi, modelo L200, e cor branca. E ainda destruíram o argumento usado para a absolvição porque o Código Penal não faz distinção entre veículos com ou sem motor no artigo que pune a condução em estado de embriaguez. Porque “tão perigosa é para a segurança rodoviária a condução sob a influência do álcool de um veículo com motor ou sem motor.”

A sorte não acompanhou J. pela segunda vez. Pouco importava se a sua viatura tinha ou não motor, uma vez que a conduzia, e devido ao estado de embriaguez, adormecera com os máximos ligados no meio da via, pondo em causa a segurança rodoviária. J. foi condenado em junho passado a pagar 360 euros de multa. Também foi proibido de conduzir veículos com motor por um período de três meses.
http://visao.sapo.pt/actualidade/sociedade/2016-06-15-Condutor-absolvido-porque-auto-nao-dizia-se-conduzia-um-carro-uma-bicicleta-ou-um-trator
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7910
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Condutor absolvido porque auto não dizia se conduzia um carro, uma bicicleta ou um trator

Mensagem por Winchester em Qua 15 Jun 2016, 17:08

Então se for apreendida uma pistola e o auto disser "Pistola com o número de série XXXX", pode ser pistola de cola quente.. pistola de silicone..   Se for apreendida uma Yamaha.. pode ser uma guitarra.. um piano..
avatar
Winchester
Guarda Provisório
Guarda Provisório

Masculino
Idade : 27
Profissão : Especialista Seg. Electrónica
Nº de Mensagens : 10
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Condutor absolvido porque auto não dizia se conduzia um carro, uma bicicleta ou um trator

Mensagem por DNS em Qua 15 Jun 2016, 17:52

UM erro por falta ou excesso de zelo. É punido? Claro que não. Neste país só são severamente punidos, quando são PSP´s ou GNR´s.
avatar
DNS
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 105
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 655
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Condutor absolvido porque auto não dizia se conduzia um carro, uma bicicleta ou um trator

Mensagem por guarda2090 em Qua 15 Jun 2016, 22:32

Enquanto estes Sr´s Dr´s não forem apenas e só questionados acerca destas decisões ridiculas e que em nada contribuem para um normal funcionamento do estado de direito, apenas transmitem a estes prevaricadores crónicos uma mensagem de que estão acima da lei.
Estas decisões deveriam ser devidamente escalculizadas e caso se verificasse que não tinham fundamento, deveriam ser punidos tal como qualquer funcionário.
avatar
guarda2090
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 33
Profissão : Militar GNR
Nº de Mensagens : 254
Mensagem : Com esforço alcançamos as nossas metas!
Meu alistamento : DEC09 CFFF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Condutor absolvido porque auto não dizia se conduzia um carro, uma bicicleta ou um trator

Mensagem por moralez em Qui 16 Jun 2016, 09:23

Aplaudo veemente.
Deveriam também ser absolvidos cujos Autos são passados com a letra ilegível. Pois para alguns o objectivo é gastar um livro de autos numa patrulha.

_____________________________________________
avatar
moralez
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 33
Profissão : Militar G.N.R.
Nº de Mensagens : 5681
Mensagem : Os chibos andam aí!
Que nem ratinhos escondidos...
Meu alistamento : 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Condutor absolvido porque auto não dizia se conduzia um carro, uma bicicleta ou um trator

Mensagem por El Sargento em Qui 16 Jun 2016, 10:38

A ser verdade bastava o Sr. Dr. Juíz perguntar ao arguido que veículo conduzia e depois confirmar com os guardas caso tivesse dúvidas, mas enfim . . .
avatar
El Sargento
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 47
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 587
Mensagem : Todos os dias, todos os minutos, temos um objectivo e devemos procurar a melhor maneira de o conseguir atingir.
Meu alistamento : 03/11/1994 aquele em que o BauBauBajuca disse:" Ó militar da camisa azul" hehehehe

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Condutor absolvido porque auto não dizia se conduzia um carro, uma bicicleta ou um trator

Mensagem por Maeg em Qui 16 Jun 2016, 15:00

Quando fazia autos, escrevia "O arguido conduzia o veículo, no local, á data e hora supra mencionados". Tem lá tudo escrito, qual o veículo, onde, data e hora...
avatar
Maeg
Cabo-Mor
Cabo-Mor

Masculino
Idade : 38
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 316

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Condutor absolvido porque auto não dizia se conduzia um carro, uma bicicleta ou um trator

Mensagem por zedopipo em Sex 17 Jun 2016, 10:41

Tenho visto/lido coisas ridículas, mas esta supera-as todas....
avatar
zedopipo
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 91
Profissão : Guarda
Nº de Mensagens : 274
Mensagem : Get a life!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares