Apoio à familia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Apoio à familia

Mensagem por Convidad em Qua 06 Maio 2009, 17:12

Camaradas estou com uma dúvida no que conserne ao apoio à familia.
Estou de folga em casa, com o meu filho, entretanto apanhou a varicela.
A minha esposa que se encontra desempregada foi a pé para Fátima.
A minha dúvida é a seguinte:
Como ela se encontra desempregada supostamente teria disponiblidade para cuidar do meu filho que se encontra doente, mas ela só regressa para a semana.
Será que o apoio é consedido?

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por Patrulhas em Qua 06 Maio 2009, 18:32

Claro, fala com o médico de familia, que ele passa o atestado, elabora o requerimento e o passaporte e fica com o teu filho em casa.
Não te ponhas a "queimar folgas". O agradecimento da GNR é o mesmo.
Neste caso não é apoio à familia, tem outro nome e depende da idade do filhote, se é maior de 10 anos ou menor, penso que é assim, mas também não tenho presente a legislação.

Cumprimentos e as melhoras ao teu rebento (o meu também já teve, e fiquei 15 dias em casa)

:fg hurray:
avatar
Patrulhas
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 1195
Meu alistamento : Curso de 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por nunes em Qui 14 Maio 2009, 11:21

Bem já que se fala de apoio à familia....
Bem aqui está uma "maçarica" à espera da sua primeira colocação... que está para breve, pois a mensagem com as vagas de comandos já chegou.
Felizmente fiquei a 20km de casa agora no estágio, mas passado um ano, muita coisa acontece.
Agora a minha questão é, tenho um menino de 8 anos, ao qual tenho o poder paternal, mas agora vem o problema...
com a colucaçao à porta e só com vagas num raio de 100km, como é que me vou desenrascar, pois de momento nao tenho onde deixar o puto.!!!
Ja me falaram na colocaçao a titulo excepcional, e numa lei que nos dá a nós país, a flexibilidade de horários, mas onde é que consigo arranjar uma minuta ou no minimo a lei onde isso está escrito.???
Será que alguem tem conhecimento, e possa dar aqui um empurrãozinho à "maçarica"????


Obrigado
avatar
nunes
Guarda
Guarda

Feminino
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 63
Meu alistamento : 03-12-2007 a 23-05-2008

https://www.facebook.com/LittleStarEstrrrelinha

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por genere em Qui 14 Maio 2009, 12:07

Pois não é no tópico no apoio à familia que vais encontrar isso.
Por isso vai às novas regras de colocação, onde fala nas colocações a titulo exepcional
Se for entre Unidades é da competência do CG se for entre Subunidades e Orgãos é da competência do CMDT de Unidade.
Puto com 8 anos?!!
Trabalhaste bem cedo risota de ti
avatar
genere
Aspirante
Aspirante

Masculino
Idade : 37
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 3049
Meu alistamento : CFP 2004 AIP ; CPCb 11/12 CFFF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por nunes em Qui 14 Maio 2009, 12:21

pois acontece até aos melhores. enfim

Mas onde é que encontro isso??? no no estatuto??? ou é algum topico aqui no forum.....???
avatar
nunes
Guarda
Guarda

Feminino
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 63
Meu alistamento : 03-12-2007 a 23-05-2008

https://www.facebook.com/LittleStarEstrrrelinha

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por genere em Qui 14 Maio 2009, 12:33

avatar
genere
Aspirante
Aspirante

Masculino
Idade : 37
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 3049
Meu alistamento : CFP 2004 AIP ; CPCb 11/12 CFFF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por nunes em Sex 15 Maio 2009, 11:27

genere escreveu:Sim é um tópico recente
tenta aqui art. 20º

[url=http://www.forumgnr.pt/legislacao-interna-da-gnr-f33/novas-regras-de-colocacao-nep-114-revogada-t14065.htm#127686
http://www.forumgnr.pt/legislacao-interna-da-gnr-f33/novas-regras-de-colocacao-nep-114-revogada-t14065.htm#127686[/quote[/url]]


Olha nao dá para aceder mas obrigadao na mesma.
Vou ver se consigo descolbrir alguma coisa
avatar
nunes
Guarda
Guarda

Feminino
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 63
Meu alistamento : 03-12-2007 a 23-05-2008

https://www.facebook.com/LittleStarEstrrrelinha

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por nunes em Sab 16 Maio 2009, 14:07

genere escreveu:Sim é um tópico recente
tenta aqui art. 20º

[url=http://www.forumgnr.pt/legislacao-interna-da-gnr-f33/novas-regras-de-colocacao-nep-114-revogada-t14065.htm#127686
http://www.forumgnr.pt/legislacao-interna-da-gnr-f33/novas-regras-de-colocacao-nep-114-revogada-t14065.htm#127686[/quote[/url]]

Já cá tenho a alteração da NEP/GNR 1.14.

beijokas obrigado
avatar
nunes
Guarda
Guarda

Feminino
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 63
Meu alistamento : 03-12-2007 a 23-05-2008

https://www.facebook.com/LittleStarEstrrrelinha

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por DViveiros em Sab 16 Maio 2009, 14:24

Para assistência á família consultas a Lei 7/2009.
Para colocação a título excepcional, consultas as novas regras de colocação e se fores á lei 7/2009, art.º 33 ao 65, tens muito onde te agarrar.
Boa sorte.
avatar
DViveiros
Cabo-Excepção
Cabo-Excepção

Feminino
Idade : 38
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 119
Meu alistamento : 2002

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por Tareca em Sab 16 Maio 2009, 15:09

Joan escreveu:Camaradas estou com uma dúvida no que conserne ao apoio à familia.
Estou de folga em casa, com o meu filho, entretanto apanhou a varicela.
A minha esposa que se encontra desempregada foi a pé para Fátima.
A minha dúvida é a seguinte:
Como ela se encontra desempregada supostamente teria disponiblidade para cuidar do meu filho que se encontra doente, mas ela só regressa para a semana.
Será que o apoio é consedido?

O facto da tua esposa estar desempregada não significa que seja a pessoa em mekhores condições para prestar assistencia ao filho. E neste momento não é, precisamente porque está fora.

Vais ao médico com o teu filho, o médico passa o atestado da doença onde coste que necessita de acompanhamento e assistência inadiável e imprescindível.
No serviço entregas o atestado e juntas uma declaração feita por ti, que pode ser qq coisa deste género.



(Nome) ___________________________________________, (categoria) __________, em serviço no
declara, nos termos e ao abrigo do disposto no (ver lei da maternidade e paternidade) ser o familiar em melhores condições para prestar assistência ao seu filho (a), _____________________________________________, de _____ anos de idade, que se encontra doente conforme atestado médico que anexa.

Local e data
avatar
Tareca
2º Sargento
2º Sargento

Feminino
Idade : 56
Profissão : TI
Nº de Mensagens : 995
Meu alistamento : 1987

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por nunes em Sab 16 Maio 2009, 16:29

DViveiros escreveu:Para assistência á família consultas a Lei 7/2009.
Para colocação a título excepcional, consultas as novas regras de colocação e se fores á lei 7/2009, art.º 33 ao 65, tens muito onde te agarrar.
Boa sorte.



MUITO OBRIGADO vou já ver...
avatar
nunes
Guarda
Guarda

Feminino
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 63
Meu alistamento : 03-12-2007 a 23-05-2008

https://www.facebook.com/LittleStarEstrrrelinha

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por Rodrigues76 em Sab 16 Maio 2009, 16:40

Estou impressionado como profissionais da Guarda não têm qualquer noção das leis que nos regem, nem quando têm necessidade, como podem ajudar o cidadão honesto. Estudem !!! pisca
avatar
Rodrigues76
Guarda-Principal
Guarda-Principal

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 90

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por Xelb em Sab 16 Maio 2009, 16:55

Felizmente existe um camarada que já nasceu ensinado.

É bom para a instituição, assim foi menos um elemento que recebeu formação.

Sempre que tiver dúvidas vou postá-las só para ver se me sabe esclarecer ...

ou melhor ainda ... quando tiver alguma dúvida e que a poste aquí no fórum, vamos lá ver quantos é que são da sua opinião e postar comentários idênticos ???
avatar
Xelb
Cabo-Mor
Cabo-Mor

Masculino
Idade : 44
Profissão : Soldado da Lei
Nº de Mensagens : 388
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por Tareca em Sab 16 Maio 2009, 17:17

Rodrigues76 escreveu:Estou impressionado como profissionais da Guarda não têm qualquer noção das leis que nos regem, nem quando têm necessidade, como podem ajudar o cidadão honesto. Estudem !!! pisca

De facto o teu colega deve estar-te muito grato pela ajuda que lhe deste!
avatar
Tareca
2º Sargento
2º Sargento

Feminino
Idade : 56
Profissão : TI
Nº de Mensagens : 995
Meu alistamento : 1987

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por genere em Sab 16 Maio 2009, 17:28

Às vezes só se tem conhecimento das coisas quando se necessita delas.
Para pedir apoio à minha esposo precisei :
1- declaração médica a informar que a minha esposa necessita de assistência inadiável e imprescendivel por parte do marido
2-Certificado de incapacidade temporária para o trabalho - passado pelo médico de familia.
3-Petição dirigida ao CMDT de DTer a solicitar apoio à familia
4-Passaporte no termos do nº1 do Art252 do Código de Trabalho (Lei 7/2009)
avatar
genere
Aspirante
Aspirante

Masculino
Idade : 37
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 3049
Meu alistamento : CFP 2004 AIP ; CPCb 11/12 CFFF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por PINTAROLAS em Sab 16 Maio 2009, 17:48

MUITAS palmas palmas .

Aqui vai toda a legislação que rege a maternidade e paternidade,
Lei 7/2009 de 12FEV
Dec-lei 89/2009 de 09ABR
Dec-lei 91/2009 de 09ABR

todos da I série
avatar
PINTAROLAS
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 7556

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por Tareca em Sab 16 Maio 2009, 18:18

genere escreveu:Às vezes só se tem conhecimento das coisas quando se necessita delas.
Para pedir apoio à minha esposo precisei :
1- declaração médica a informar que a minha esposa necessita de assistência inadiável e imprescendivel por parte do marido
2-Certificado de incapacidade temporária para o trabalho - passado pelo médico de familia.
3-Petição dirigida ao CMDT de DTer a solicitar apoio à familia
4-Passaporte no termos do nº1 do Art252 do Código de Trabalho (Lei 7/2009)

Aceitaram-te, ainda bem. Mas o médico não pode dizer que é o marido ou quem quer que seja (embora a gente saiba que há doenças q só o marido é que pode ajduar a curar, né? lol) porque de facto não é verdade. Da mesma forma que relativamente a um filho não pode dizer se é o pai ou a mãe. O médico só diz que precisa.

E ... fazer petição? Solicitar? Mas é suposto poderem dizer não????
avatar
Tareca
2º Sargento
2º Sargento

Feminino
Idade : 56
Profissão : TI
Nº de Mensagens : 995
Meu alistamento : 1987

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por genere em Sab 16 Maio 2009, 20:00

Fazer a petição é mais uma formalidade, pois a data da petição até é anterior à situação em causa. É mais uma coisa daquelas que é só fachada.
Eu ainda não fiz a petição estoua tratar disso e também do passaporte.
Se for doença crónica como é o caso tenho direito até 30 dias por ano.
Depois vou tentar fazer um apanhado das mais diversas situações, para os camaradas terem conhececimento dos nossos direitos.
avatar
genere
Aspirante
Aspirante

Masculino
Idade : 37
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 3049
Meu alistamento : CFP 2004 AIP ; CPCb 11/12 CFFF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por smelly em Sab 16 Maio 2009, 22:12

Rodrigues76 escreveu:Estou impressionado como profissionais da Guarda não têm qualquer noção das leis que nos regem, nem quando têm necessidade, como podem ajudar o cidadão honesto. Estudem !!! pisca



ninguem nasce ensinado, e ja que sabes tanto partilha aqui com o pessoal a tua sabedoria. eu nao tinha conhecimento de nada disto, mas tenho a certeza ABSOLUTA que ao colocar a duvida a um CAMARADA, ele ia ensinar-me tudo o que precisava de saber.
da tua afirmação, so percebo uma coisa. ou nao percebes nada deste assunto, ou es um pessimo camarada. tenho dito.

ja agora, um muito obrigado ao amigo genere pela partilha de informação. a isto se chama CAMARADAGEM!!!
o saber nao ocupa lugar, muito obrigado camarada!!
um abraço a todos.
avatar
smelly
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Idade : 32
Profissão : Militar da Guarda Nacional Republicana
Nº de Mensagens : 1009
Mensagem : A união faz a força..
Meu alistamento : 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por Sagitário em Seg 27 Jul 2009, 18:14

Descobri hoje que a minha filha tem varicela. Tenho umas dúvidas quanto a assistência à familia, que são:

- Posso faltar ao trabalho e informar telefónicamente que me encontro a prestar cuidados à minha filha e que pretendo utilizar 15 dias de assistência à familia e depois apresento o atestado?

- Os 15 dias de assistência à familia são remunerados?

- Qualquer médico pode passar o atestado ou apenas médico de família?
avatar
Sagitário
Cabo-Mor
Cabo-Mor

Masculino
Idade : 47
Profissão : Guarda Republicano
Nº de Mensagens : 396
Mensagem : Brigadeiro de profissão, GNR por imposição

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por genere em Seg 27 Jul 2009, 18:20

Primeiro liga para o DTer, pois existem Dter que exigem uma petição, e também uma declaração conforme a esposa não se encontra disponivel.
Depois são precisas duas coisas: Certificado de incapacidade temporária para o trabalho, para cuidados imprescendiveis e inadiáveis e menores de 10 anos e uma declaração médica onde conste o tipo de doença, normalmente é o médico de familia que trata disso, mas por exemplo se tiver internada no hospital, pode ser mesmo no hospital.
Depois é preciso "meter" o passaporte.
avatar
genere
Aspirante
Aspirante

Masculino
Idade : 37
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 3049
Meu alistamento : CFP 2004 AIP ; CPCb 11/12 CFFF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Licença para apoio a família

Mensagem por Boocks em Sab 15 Set 2012, 00:55

Boa noite, gostaria que alguém me explicasse uma questão, fui pai no mês passado e como a minha esposa está em casa a cuidar do nosso rebento, que não é tarefa fácil meti baixa para apoio à família.
Como estou a descontar para a Segurança Social eles dizem que não tenho direito a subsidio, será a guarda a pagar?
Gostaria que me esclarecessem essa duvida.
Obrigado
avatar
Boocks
Guarda-Principal
Guarda-Principal

Masculino
Idade : 35
Profissão : militar da GNR
Nº de Mensagens : 78
Meu alistamento : CFG 06/07

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por PINTAROLAS em Sab 15 Set 2012, 01:07

Boocks escreveu:...meti baixa para apoio à família.
...

Como pode ter metido baixa se não está doente ??

Pode sim pedir licença de apoio à familia nos termos do art. 252ª da Lei 7/2009.

Tópicos relacionados: http://www.forumgnr.pt/t21285-quando-posso-meter-o-apoio-a-familia?highlight=apoio

_____________________________________________
Regras
Utilizadores com acessos especiais
Posto Virtual/Expediente
Facebook Fórum GNR
UTILIZAR FUNÇÃO "BUSCAR"
Linha de Apoio Psicossocial 800962000
Wink
avatar
PINTAROLAS
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 7556

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por Boocks em Sab 15 Set 2012, 12:52

Pintarolas, sim licença para apoio á família, mas isso é o que menos interessa, gostaria de saber se alguém já passou por essa situação e se é a GNR a pagar-me o tempo que estou em casa. No portal social encontrei o Anexo 3 que é um requerimento para esse efeito mas no meu Comando ninguém me falou disso.
avatar
Boocks
Guarda-Principal
Guarda-Principal

Masculino
Idade : 35
Profissão : militar da GNR
Nº de Mensagens : 78
Meu alistamento : CFG 06/07

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por ze_do_malho em Sab 15 Set 2012, 21:34

Boa noite a todos, mas o apoio à família é regido por uma circular interna, a qual não tenho acesso de momento, mas que basicamente divide os militares pela data de ingresso na Guarda. Os que descontam para a CGA regem-se pela Lei 59/2008, nomeadamente pelo seu Art. 85º do Anexo II conjugado com o nº 4 do art. 36º do DL 89/2009 que permite a manutenção dos subsídios, para os do regime da S.S. é pelo Código do Trabalho (Lei 7/2009). Criou-se alguma discussão acerca deste assunto porque o nº 2 do referido art. 85 refere que acresce 1 dia por cada filho além do primeiro. O que por exemplo para um apoio à família de um militar que tenha 2 filhos, por ex., deveria ter direito a 16 dias em ves dos 15 estipulados pelo nº1 do 85. Acontece que não existe esse entendimento nos Comandos pelo que, só permitem a licença por 15 dias. Gostava que dessem uma vista de olhos pelos diplomas e que depois comentassem o entendimento que teem desse art. 85. Um bem haja.
avatar
ze_do_malho
Guarda-Principal
Guarda-Principal

Masculino
Idade : 40
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 86
Meu alistamento : 2003

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por Boocks em Dom 16 Set 2012, 00:27

ze_do_malho, boas, e para o meu caso? tenho ou não direito a subsidio?
Obrigado
avatar
Boocks
Guarda-Principal
Guarda-Principal

Masculino
Idade : 35
Profissão : militar da GNR
Nº de Mensagens : 78
Meu alistamento : CFG 06/07

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por ze_do_malho em Dom 16 Set 2012, 21:48

Boocks, lê bem a circular, mas se ingressaste após 1 de Janeiro de 2006, não tens direito ao subsídio. Mas a circular está bem detalhada e tira dúvidas.

Circular

Se tiverem oportunidade leiam o tal art. 85 do anexo II da Lei 59/2008 e digam-me se são ou não acrescidos os dias consoante os filhos, pois nesta circular em momento algum é referido o nº 2 do art. 85.
avatar
ze_do_malho
Guarda-Principal
Guarda-Principal

Masculino
Idade : 40
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 86
Meu alistamento : 2003

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por Boocks em Seg 17 Set 2012, 10:35

Obrigado ze_do_malho, sendo assim tenho direito porque eu ja era militar antes de entrar para a guarda ou seja estou ao abrigo do DL 89/2009. Agora basta saber se no meu comando sabem isso. lol
avatar
Boocks
Guarda-Principal
Guarda-Principal

Masculino
Idade : 35
Profissão : militar da GNR
Nº de Mensagens : 78
Meu alistamento : CFG 06/07

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apoio à familia

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares